Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ANTES QUE O SOL NASÇA

Quinta-feira, 18.10.12

Antes que o sol nasça,

lembrar-te-ei que as noites

justificam o retorno dos dias

e que as borboletas, como as palavras,

rastejam, estéreis, antes de voar

 

lembrar-te-ei,

mesmo que eu própria o tenha esquecido,

que todos os horizontes germinam

na lonjura exacta do alcance do teu olhar

apesar dos teus olhos  o imaginarem

na fronteira do sonho (in)comum

 

lembrar-te-ei,

ainda que a lua possa desmentir-me,

que as manhãs te irão sobreviver

e que as montanhas nunca se vergaram

a uma vontade isolada

porque só as mãos juntas apontam os caminhos

que vale a pena desbravar

nas longínquas escarpas do improvável

e nada do que eu te lembrar fará sentido

a menos que o descubras antes que o sol nasça…



 

 

Maria João Brito de Sousa – 18.10.2012 – 16.13h

 



NOTA - Em reedição, a imagem milagrosamente recuperada pelo amigo CARLOS FRAGATA

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria João Brito de Sousa às 16:18








comentários recentes




subscrever feeds