Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



PARA TE AMAR, POEMA...

Segunda-feira, 24.12.12

- Nenhuma montanha

será demasiado alta

para te amar, poema,

para te amar, tão só…

 

e decido-me a deixá-lo tombar…

 

Na queda se confundem

flor e pássaro,

tempo e modo,

metáfora e urgência real de não chegar ao fim

 

Porém,

tudo não dura mais do que a palavra

que,

num súbito recuo,

decido não deixar cair…

 

Salvo “in extremis”,

no segundo imediatamente anterior

ao impacto derradeiro,

devolvo-o às asas a que sempre pertenceu

e enfrento,

mais só do que nunca

porque consciente e lúcida,

o maior de todos os riscos

no suave declive das banalidades…

 

É tempo de dormir.

Amanhã será um novo dia

para te amar, poema, para te amar, tão só…



 

 

Maria João Brito de Sousa – Poema manuscrito a 24.12.2012 – 02.00h

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria João Brito de Sousa às 14:20


26 comentários

De Maria João Brito de Sousa a 01.02.2013 às 17:06

Portugal tem mesmo muito bons poetas!

Não preciso de tentar ver a vida com um sorriso, Sofiazinha... isso eu sei há muitos anos e sem "tentar"... é uma coisa natural no ser humano. O que eu preciso é de tentar ajudar a criar as condições para que mais gente possa sorrir, neste país... isso dá muito, muito trabalho, mas compensa sempre! Mas, como te disse, estou limitada... só o posso fazer através da minha poesia e da partilha de ideias, informações, documentos e textos, no Facebook... por isso fico com os dias tão preenchidos que mal tenho tempo para cuidar dos meus animais... e tenho cinco, todos muito velhotinhos!

De sofiazinha a 01.02.2013 às 17:28

posso saber que animais tens???????? é que eu sou encantada por animais,já tive mais de dez gatos em casa mas apenas que o meu namorado me ofereceu um cachorrinho cuja mãe dele já morreu todos os gatos que eu tinha fugiram com medo do meu cãozinho. agora o meu cão tem quatro aninhos e eu dou-lhe imenso carinho,faço-lhe muitas festinhas.

De Maria João Brito de Sousa a 01.02.2013 às 18:40

Podes pois!

Tenho o Kico, um cãozinho muito, muito velhinho e muito cardíaco que se está a aguentar que nem um valente, dois gatos com 18 anos e meio, o Sigmund e o Garfield - também já cheguei a ter catorze, mas já morreram muitos... - e duas pombas que apanhei na rua e perderam a capacidade de voar. A Pitinha e a Sra. Capitão.

Os animais "grandes idosos", como estes, têm as suas capacidades um tanto ou quanto diminuídas... mas são grandes, grandes amigos!

De sofiazinha a 01.02.2013 às 18:44

que maravilha ter os animais como amigos,o meu cão também é um grande amigo para mim,pode não saber falar mas ele compreende aquilo que eu digo e aquilo que eu sinto. quero dizer-te que tens uns animais com uns nomes super lindos. beijinhos e fica bem,já és uma grande amiga!!

De Maria João Brito de Sousa a 01.02.2013 às 19:34

Fica também tu bem, Sofiazinha. Uma feliz noite para ti!

Comentar post








comentários recentes