Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A RECONSTRUÇÃO DAS AUSÊNCIAS

Terça-feira, 06.10.09

digitalizar0010.jpg

 

 

Caem-nos do alto,

Moldam estrelas negras

Geladas como longas invernias

Repletas dos vazios que nos deixam

 

Fracturam-se

Em mil pedaços

De arestas agudas

Que inevitavelmente nos magoam

 

Desenhamo-las a tinta nanquim

No momento da colisão

E fazemo-las permanecer,

Esculpidas nas pedras

da Ágora de todas as partidas

 

Lentamente,

Redesenhamo-las

Enquanto presenças abstractas,

Inventamos-lhes corpos imaginários

Que a memória

Cobre de cores indefinidas

 

São

- mesmo tendo deixado de o ser –

Ausências reconstruídas

 

 

Maria João Brito de Sousa -06.10.2009

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria João Brito de Sousa às 15:07


2 comentários

De Fisga a 28.10.2009 às 11:34

Olá minha querida amiga, Maria João. Minha doce amiga. Como estás tu? Desculpa de ainda não ter vindo, mas eu não me encontro muito em condições de estar no p. c.
Não vim comentar o teu post. mas li e adorei, tu és como o vinho do porto, estás cada vez mais apurada. Parabéns por isso. Olha minha amiga. Eu ainda estou um pouco atrasado para vir para o p.c. mas eu vou dando noticias, uma coisa que eu não vou fazer, é responder, aquela resma de mensagens e comentários que tenho na minha caixa de correio, porque é muita coisa, e eu não estou em condições. De me ocupar no computador, vou ter que pedir desculpa a toda a minha gente, pela acção, mas eu vou apagar e não respondo, com todo o respeito que tenho por todas as pessoas, que foram De uma simpatia e amizades incomparáveis. Minha amiga espero que estejas melhor, e eu prometo que vou dando noticias. Por agora só me resta pedir-te desculpa por ainda não ter aparecido, mas isto está muito combalido, ainda. Um grande beijinho deste amigo que te adora e ama.

De Maria João Brito de Sousa a 28.10.2009 às 12:23

Meu querido amigo! Não tens nada que pedir desculpa! Nem penses nisso! Nós, os teus amigos e colegas da blogosfera, estamos conscientes de que tu estás, ainda, em convalescença e necessitas de te pôr mesmo a 100%! Ninguém te vai levar a mal o facto de não comentares!
Fico muito feliz por te ver de volta, mas recomendo-te vivamente que te limites a aceitar ios nossos comentários como uma demonstração de amizade e não como algo que deve ser respondido!
Um enorme abraço e que essa saúde se recomponha com a brevidade possível!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.








comentários recentes




subscrever feeds