Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



CARAVELAS

Quinta-feira, 16.04.15

Barcopapel.jpg

 

Às vezes, as caravelas

são apenas pedacinhos,

pedacinhos de papel

mas, quando embarcamos nelas

enfunam bojudas velas...

 

Quimeras de caravelas,

sonhos de cola e cordel...

 

Às vezes são caravelas

no cais de espuma da praia,

muito grandes, muito belas,

mitos, pedaços de estrelas

que chegam cedo demais...

 

Caravelas-papelinhos,

quando lançadas ao mar,

enfrentam a tempestade

com maior temeridade

que os heróis dos quadradinhos...

 

Caravelas-papelinhos,

papelinhos-caravelas,

vão ao fundo sem chorar...

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 1992

 

Imagem retirada do Google

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria João Brito de Sousa às 13:40


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.








comentários recentes




subscrever feeds