Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É DAQUI QUE TE ESCREVO...

Sexta-feira, 11.03.16

10695247_920704187944578_1244598964_n.jpg

É daqui que te escrevo

desta vontade que me veste de Abril

de poemas e de farrapos também

 

Daqui

de onde me reconheço em ti espelhada

embora o perfil simples do meu cravo

sem nome nem espinhos

e tão menos glorioso

pareça negar cada verso que nasce

 

Mas é daqui

deste lado aguerrido de mim

onde vestida de um Abril em farrapos

não dispo Abril apesar do despontar

desta resistência que te não sei explicar

mas presumo

ninguém imaginaria que florescesse ainda

 

Daqui

de onde também eu

aprendi a amar a solidão

e a recriar o mundo

na sombra das ausências

nos anos – tantos… -  do verde caule

de um mesmo sonho de pétalas ao rubro,

 

Daqui

e porque o poema me apeteceu

insurrecto e vermelho

este escrever-te sem rima nem medo

com as armas florindo num canto maior

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 19.06.2011 – 16.31h

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria João Brito de Sousa às 12:23








comentários recentes